voltar Criatividade 21/06/2021 O que você tem feito para ser original?

A Juilliard School, em Nova York, é uma das escolas de música mais importantes do mundo e também uma das mais disputadas e rigorosas.

Todos os anos milhares de candidatos se preparam para preencher uma das disputadíssimas vagas, estudando e ensaiando obsessivamente partituras musicais. Lá dentro, a rotina de estudos é pior: resumindo, você precisa renunciar a todas as outras coisas da sua vida para conseguir concluir o curso.

Essa obsessão pelos estudos lá produziu uma contradição. Não é raro que a escola traga músicos famosos para se apresentarem somente para os alunos. Mas sabe o que acontece? Eles acabam tocando para uma plateia quase vazia; enquanto músicos famosos se apresentam para poucas pessoas, a maioria dos alunos está treinando nas salas de ensaios porque não quer perder tempo. Ou seja, os estudantes dessa escola têm mais vontade de praticar o que está escrito nas partituras do que de ouvir um mestre tocar.

Isso porque o que lhes garantiu o ingresso nessa instituição famosa foi a habilidade de tocar muito bem a música conforme a partitura, fazer o que a gente chama aqui de feijão com arroz com perfeição.

O grande dilema é o seguinte: o que os colocou dentro da escola não vai lhes proporcionar benefício nenhum quando saírem de lá para o mercado de trabalho.

O mundo não tem uma escassez de violinistas excelentes. Não faltam timpanistas obedientes em orquestras consagradas. Não há vagas abertas para essas funções e, mesmo que houvesse, a oferta excede em muito a demanda.

Não, a única coisa que vai permitir que esses alunos extraordinariamente talentosos continuem avançando é se eles produzirem algo original a partir do que aprenderam nas partituras. Tocar música de uma forma que ninguém espera.

O dilema da escola de Juilliard é o mesmo que enfrentamos na nossa vida profissional. Não é apenas o que você aprendeu na universidade que vai fazer você se tornar um profissional diferente, mas o seu potencial criativo de aplicar aquilo que aprendeu. Você já olhou para o trabalho que faz e se perguntou que resultados diferentes de outras pessoas consegue atingir a partir do seu talento?

Desejo uma semana cheia de desafios para você!

 

#SegundaDaCriatividade #BomDia #BelasLetras